Like

Katia Canton na Galeria Zilda Fraletti

A exposição é realizada em parceria com a Bienal de Curitiba

A exposição Desnorteamentos: João & Maria da artista Katia Canton segue na Galeria Zilda Fraletti até o dia 28 de outubro. A exposição é uma parceria com a Bienal de Curitiba.

Desnorteamentos

João e Maria perdidos na floresta. Duas crianças famintas largadas num espaço desconhecido e ameaçador.  A floresta como alteridade é também é o “lado de lá”, o avesso da identidade confortável do lar.

No conto de fadas o abandono produz desamparo, mas finalmente dá lugar à redenção: do outro lado do medo está uma casinha de doces e um tesouro, guardados por uma bruxa. E ela será vencida e morta pelas crianças em meio à batalha da jornada. Eis a grande potência da criação artística: sua capacidade mágica de reinventar a vida. Trabalhando com o conto como eixo conceitual, a exposição utiliza pintura, desenho e fotografia para tocar aspectos suscitados pela narrativa: o desamparo, o medo e a transformação.

Katia Canton

Katia Canton é artista, escritora e educadora. Nasceu em São Paulo, onde estudou arquitetura, dança e jornalismo.  Também frequentou cursos livres de arte com artistas-professores como Nelson Leirner, Naum Alves de Souza, LC Baravelli, Carlos Fajardo e Feres Khouri.

Posteriormente, vivendo em Nova York, tornou-se mestre em Performance Studies e PhD em Artes Interdisciplinares, ambos títulos obtidos na New York University. Suas pesquisas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, realizadas na NYU, focam nos contos de fadas como formas de representação e construção cultural. Elas têm sido a base de seu trabalho artístico, desenvolvido em várias mídias—desenho, pintura, escultura, vídeo, poesia, instalação. Desde 2008 tem realizado exposições nacionais e internacionais, em países como Eslováquia, Índia, Itália, Alemanha.